28 setembro 2006

PREFEITO LANÇA COMISSÃO MUNICIPAL E CENSO DA RELIGIÃO AFRO-UMBANDISTA

Para apoiar a elaboração de políticas voltadas à comunidade afro-umbandista da Capital, o prefeito José Fogaça deu posse hoje à Comissão Municipal de Religiosidade Afro-Umbandista, composta por integrantes do governo e das religiões. Durante a cerimônia, no Paço Municipal, foram apresentados o calendário de eventos religiosos e o projeto do Censo da Religiosidade Afro-Umbandista, pesquisa elaborada pela Secretaria Municipal da Cultura (SMC) para traçar o perfil da religião em Porto Alegre.

Pelo trabalho da SMC, iniciado este mês, serão apresentados números de praticantes ou adeptos, casas de religião, nações pertencentes e predominantes e pontos de maior aglomeração na cidade. Os primeiros questionários serão aplicados junto às casas de religião no bairro Azenha e, em seguida, Cidade Baixa, Santana e Menino Deus. Em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), dez pesquisadores trabalham no levantamento, que deve ser concluído no primeiro semestre de 2007.

Representando a Fundação Moab Caldas, pai Áureo de Ogum destacou o pioneirismo da iniciativa e seu significado social, cultural e antropológico. "Estamos avançando 100 anos hoje. Algo que ninguém conseguiu fazer pelos religiosos no Brasil e uma demonstração de respeito à história da religião e aos nossos ancestrais", disse pai Áureo, que junto com mãe Dilce de Oxum, presidente da Associação de Mulheres Afro-Umbandistas, conduziu a entrada ao som de tambores e do hino da religião à sede do governo municipal.

Ao instituir a comissão, Fogaça considerou o ato como reconhecimento da Prefeitura ao trabalho realizado pelos afro-umbandistas em Porto Alegre ao longo dos anos e uma conquista da comunidade. "Vocês conquistaram esse espaço pelo respeito, visão coletiva, comportamento e função social desenvolvidos na cidade", disse o prefeito.

Fogaça observou que a comissão irá fortalecer a unidade das instituições, garantir a ampliação de direitos e abrir espaço para novos projetos e conquistas. "Estamos assegurando que essa cultura religiosa arraigada na vida do nosso povo seja cada vez mais reconhecida e valorizada", concluiu, ao lado da primeira-dama Isabela Fogaça.

Entre as iniciativas da comissão está a implementação de um roteiro turístico às casas de religião. Um ônibus irá circular pelos locais religiosos e também conduzirá os visitantes ao Mercado Público Central, que concentra diversas lojas de produtos afro-umbandistas. Conforme a secretária adjunta da Cultura, Ana Fagundes, a comissão está trabalhando para que o Mercado seja um centro de referência da comunidade afro-umbandista da Capital. A partir de amanhã, o calendário de comemorações religiosas estará disponível no site da Prefeitura (www.portoalegre.rs.gov.br).

Depois da solenidade no Paço Municipal, os religiosos seguiram para o Mercado Público, onde realizaram uma cerimônia de agradecimento ao orixá Bará, na área central do prédio.

Integram a Comissão:
Leila Schann (Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana), Ana Fagundes (SMC), Áureo de Ogum (Fundação Moab Caldas), Dilce de Oxum (Associação de Mulheres Afro-Umbandistas), Clóvis de Xangô (CEUCAB), Ailton de Oxum (OSECAE), Albino de Xangô (Aliança Umbandista e Africana), Norinha de Oxalá (CECRAB), Jorge de Xangô (Afrobras) e Herculano de Oxalá (Afro-Rito).

FONTE: Comunicação Social PMPA (www.portoalegre.rs.gov.br)

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India