13 novembro 2006

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA DE CANOAS

LANÇAMENTO DA EXPOSIÇÃO PRETO É COR LOTOU AS DEPENDÊNCIAS DA GALERIA SONEPAR

Durante a solenidade de abertura da mostra e da Semana da Consciência Negra, que ocorreu na noite da última segunda-feira (12/11), na Galeria Sonepar, os convidados conheceram a programação da Semana, que estende-se até dia 20. As atividades acontecem em diversos pontos da cidade, com mostras, palestras, celebrações, oficinas, seminário e apresentações artísticas. Com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, o evento é uma promoção da Comissão Municipal de Políticas Afirmativas dos Afro-brasileiros (COPAAB).

Para o coordenador da COPAAB, César Silveira, as comemorações são importantes para a difusão da consciência. “Durante toda a semana, ocorrerão atividades de reflexão e discussão do racismo na busca pela materialização da consciência negra”, enfatizou o coordenador, acrescentando que, pela primeira vez houve a participação de quase todas as entidades culturais do Município na concretização do evento. “A presença de tantos apoiadores revela a valorização dada pela sociedade às questões que envolvem os afro-brasileiros”.

Durante a cerimônia, foi feita breve retrospectiva de ações realizadas em favor dos afro-brasileiros no Município, iniciando pelo chamamento do prefeito Marcos Ronchetti, em 2004, quando houve a reunião de diversas entidades da sociedade canoense, resultando na formação da COPAAB, para efetivar as políticas afirmativas. Naquele ano, ocorreu o 1° Seminário de Políticas Afirmativas de Canoas “ Do quilombo do Palmares à Canoas, Negro a luta continua”. Na ocasião, ficou estabelecida reserva de cotas para afro-brasileiros em concursos públicos, na administração pública direta e indireta e a criação do Conselho Municipal do Negro, atualmente em processo de discussão.

Para encerrar a solenidade, foram apresentados os artistas da Exposição Preto é Cor - Américo Souza, Glaci Alves, Pelópitas Thebano, João Máximo e Glaci Alves. São esculturas e pinturas, enfocando a cultura africana por artistas negros. Entre as peças que mais chamam a atenção, encontram-se as telas de Thebano, que resultam de minuciosa pesquisa do continente africano antes do início da colonização. “Procurei registrar a história pela ótica dos negros e não do colonizador”, explica. Na exposição, o visitante também poderá conferir esculturas, objetos usados nas religiões, pinturas à mão e outras peças características da cultura africana.

Além das obras de arte, mediadores selecionados pelo Departamento de Cultura prestam informações aos visitantes sobre os trabalhos e seus autores. Outra atração fica por conta das sessões de contação de lendas africanas, realizada por professores do Departamento. As escolas interessadas em agendar visitas devem ligar para o telefone 3428.5746.

O ato de abertura contou com a presença das diretoras dos departamentos de Cultura, Ivone Frare; de Ensino Fundamental, Raquel de Souza; do vereador Airton Souza, representando o Legislativo Municipal e do ex-ministro adjunto do Ministério da Educação e Cultura, Jairo Jorge, entre outras autoridades.

da Assessoria de Comunicação da
Prefeitura de Canoas
www.canoas.rs.gov.br

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India