09 maio 2007

LIVRO REVELA AS NOVAS LIDERANÇAS NEGRAS DO CENÁRIO GAÚCHO

Publicação será apresentada nesta quinta-feira,10/5, às 18 horas, no Memorial/RS

por Vera Daisy Barcellos

MARIA MULHER - Organização de Mulheres Negras realiza amanhã, quinta-feira, 10/5, às 18 horas, no auditório do Memorial do RS, Avenida Sete de Setembro,nº 1020, centro de Porto Alegre, o lançamento do livro Personalidades Negras do Rio Grande do Sul que, igualmente, marca o encerramento do Concurso de Redações que deu origem a esta publicação. O evento integra a série de programações culturais do 20º aniversário da Organização.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
O livro, com 64 páginas, integra a coletânea do Passaporte para os Direitos Humanos -Educação e Cidadania, de MARIA MULHER

O Concurso Personalidades Negras do Rio Grande do Sul foi realizado durante o ano letivo de 2006 e objetivou fomentar a pesquisa e a elaboração de histórias e biografias de mulheres e homens negros que contribuem e contribuíram para as diferentes áreas do conhecimento no cenário gaúcho.

Um dos textos selecionados conta a vida de Osvaldo Marques de Souza, conhecido como Abdul Servus Christi, morador em São Jerônimo, município próximo de Porto Alegre, que circula de bicicleta pela cidade ajudando os pobres, os doentes e a todos que precisam. Entre um momento e outro dessa maratona solidária, Abdul teve tempo para escrever 17 livros e muitas cartas aos jornais, além de ficar conhecido pelas suas benzeduras.

No livro há, também, a história de Selenir Corrêa Gonçalves, “descendente de africanos escravos, vindos do Porto de Minas“, que fez Magistério, concluiu a Faculdade de Pedagogia, especializou-se em Supervisão Escolar pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é Mestra em Teologia pela Escola de Superior de Teologia, de São Leopoldo, e vem se dedicando ao estudo da cultura, religião e histórias dos afro-descendentes.

Chamar atenção - A iniciativa envolveu estudantes das séries finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos/Eja. Contou com o patrocínio da Fundação Cultural Palmares, do Ministério da Cultura, apoio das secretarias de Educação do Estado e do Município e da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do RS.

O Concurso Personalidades Negras foi para MARIA MULHER uma forma de contribuir e chamar atenção para a Lei nº. 10.639/03 que dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana nos currículos escolares das diferentes instâncias educacionais.

A Organização propôs uma forma diferenciadas e prazerosa de redescobrir a história, mobilizando a comunidade escolar a envolver-se em um tema, ainda, pouco presente na historiografia e nos currículos escolares e acima de tudo, contribuir para a auto-estima positiva da população negra.

A produção escrita - Em relação à produção escrita dos estudantes, a Comissão Organizadora do Concurso recebeu 220 redações, sendo: 82 textos de Porto Alegre; 59 da Grande Porto Alegre e 79 do interior. As escolas estaduais participantes foram em número de 40. As escolas municipais, da Capital, Grande Porto Alegre e interior do Estado foram em número de seis. As instituições particulares fizeram-se presentes em número de quatro escolas. Participaram ao todo, 34 municípios.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Mãe Ieda de Ogum foi apontada pelos alunos da Escola de Ensino Fundamental Professora Leopolda Barnewitz, de Porto Alegre, uma personalidade negra de destaque na religião de matriz africana


Daiane dos Santos e Ronaldinho Gaúcho

Os nomes mais citados nas redações foram os da ginasta Daiane dos Santos, que fez história no esporte nacional com a conquista da primeira medalha de ouro em mundiais, e do jogador Ronaldinho Gaúcho.

Entre os mais de 40 textos aprovados pela Comissão de Seleção, também, são lembradas as lideranças do senador Paulo Paim e do deputado estadual e federal Carlos Silva Santos, já falecido, que foi o primeiro negro a assumir a presidência da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, em 1970.

FONTE:
INFORMATIVO MARIA MULHER
Ano 3 - Informativo 09 - Porto Alegre, 09 de Maio de 2007 - RS
www.mariamulher.org.br

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India