17 maio 2013

SPM e Ministério Público unem-se para fortalecer a REDE

Com o objetivo de fortalecer a Redes de Atendimento à Mulher, a secretária de Políticas para as Mulheres do Estado, Ariane Leitão, juntamente com a diretora do Departamento de Promoção de Políticas para a Autonomia das Mulheres da SPM/RS, Marília Menezes, reuniu-se nesta sexta-feira (17) com o promotor de justiça do Centro de Apoio Operacional Criminal do Ministério Público (CAO), David Medina.
Para Ariane, há uma necessidade grande de reforçar a Rede para melhor atender as mulheres vítimas de violência e que cada componente desta rede tenha um entendimento do seu papel. Desta forma, cada parte exercerá melhor a sua função correspondente. “O serviço Escuta Lilás destinado às mulheres que sofrem violência, deve ser a porta de entrada para esta rede, que deverá fornecer toda assistência necessária para combater a situação de vulnerabilidade”, diz Ariane. A rede fortalecida traz excelência ao combate à violência.
A diretora Marília Menezes acredita que as medidas deveriam ser tomadas ainda quando as mulheres são ameaçadas. “Quando a mulher morre e investigam o caso de violência que ela vivia, em grande parte das vezes encontram muitos boletins de ocorrência por ameaça do companheiro”, reforça.
O promotor acha imprescindível a educação ao agressor, para que ele não repita a violência. “Muitos deles voltam para a mulher com sentimento de raiva por elas terem denunciado”, diz o promotor. “É preciso, nessa Rede, oferecer um apoio para que, em primeiro lugar, a mulher não se enfraqueça e mude de idéia ao condenar o agressor”, pontua Medina.
A secretária apresentou a campanha "Compromisso e Atitude”, uma parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, que visibiliza o envolvimento das operadoras e dos operadores de direito na responsabilização de agressores e assassinos de mulheres. Pretende, também, contribuir para uma percepção favorável da sociedade em relação ao Estado representado pelas instituições que compõem o sistema de justiça e o Poder Executivo em relação à efetiva aplicação da Lei Maria da Penha.


Foto: ASCOM/SPM-RS
Fonte: SPM

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India