17 junho 2013

SPM participa de formatura das gestoras em políticas públicas na perspectiva de gênero e igualdade racial

O Rio Grande do Sul tem 32 novas gestoras especialistas em Políticas Públicas na Perspectiva de Gênero e Promoção da Igualdade Racial. A cerimônia de encerramento da pós-graduação, ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, nesta sexta-feira (14). A capacitação foi promovida pela Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), em parceria com a Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS) e Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM). 

O presidente da FDRH, Jorge Branco, salientou que a Rede Escola de Governo tem como objetivo formar servidores para que sejam capazes de elaborar e executar projetos que materializem e tornem reais os direitos da sociedade. Branco relatou casos recentes de violência contra mulheres do Estado. "As mulheres que estão aqui têm trajetórias de luta, mas o que estamos consagrando agora é o futuro delas e de todas as pessoas que serão beneficiadas pelo trabalho desta turma", disse. 

O titular da Fundação lembrou que a Rede Escola de Governo já investiu, até o momento, mais de R$ 7,4 milhões na formação continuada de servidores públicos e agentes sociais. "O Governo já fez concurso para 14 diferentes órgãos, são 20 mil novos servidores. O Estado é patrimônio e propriedade da sociedade e deve servir a ela. O Estado é de todos e deve servir a todos". 

A ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, participou da solenidade e destacou que as mulheres do Brasil e do mundo nunca pararam de lutar, pela igualdade e pela democracia, produzindo soluções e construindo caminhos de tolerância e paz. "Em contato com mulheres de todo país, percebemos o quanto é importante que todas as políticas públicas tenham a perspectiva de gênero", enfatizou, citando como exemplo os programas Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida, que entregam o cartão de benefícios e as chaves, respectivamente, às mulheres da família, incentivando a autonomia. 

A secretária de Políticas para as Mulheres do Rio Grande do Sul, Ariane Leitão, enfatizou que as alunas da especialização serão as multiplicadoras das políticas públicas no Estado, integrando uma rede de gestores capacitados para que as políticas de gênero e raça sejam cada vez mais fortes no Rio Grande do Sul. 

Homenagens

A aluna Lélia Lemos de Quadros foi homenageada em nome de todas as integrantes. "Chegamos nesse momento com muita luta e aprendemos a lutar. Infelizmente hoje, ainda, os direitos são garantidos por lei, enquanto deveriam ser regidos pelo amor, afeto e respeito". A professora homenageada, Sátira Machado, avaliou que concluir o curso é "assumir um compromisso, também científico, de enfrentar os horrores do sexismo e do racismo".

Texto: Daiane Evangelista
Foto: Beto Rodrigues
Edição: Redação Secom (51) 3210.4305
Fonte: SPM

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India