11 março 2014

Crédito Lilás quer estimular o empreendedorismo feminino no Estado

O programa, lançado nesta terça-feira (11) durante as atividades do Dia Lilás, no centro da capital, irá oferecer linhas de crédito que chegam à 15 mil reais.

A secretária de Políticas para as Mulheres do Rio Grande do Sul, Ariane Leitão, destacou hoje a importância de estimular a independência financeira e intelectual das mulheres
durante o lançamento do Crédito Lilás. A atividade aconteceu no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre, durante o Dia Lilás que reuniu os parceiros da Rede Lilás para a oferta de serviços e atendimento às mulheres. De acordo com a titular da pasta, o enfrentamento à violência contra a mulher, passa pela independência financeira, e por isso a importância de mais esta conquista. "O Crédito Lilás busca incentivar o empreendedorismo e a geração de renda", disse Ariane, que recebeu das mãos do presidente o Banrisul,  Túlio Zamin, um cheque simbólico no valor de R$ 1.000.000,00 (hum milhão de reais) para investir nas mulheres. "Estamos muito felizes de poder contribuir com este conjunto de políticas através de uma linha de crédito para fomentar o empreendedorismo", ressaltou Zamin, lembrando que os recursos iniciais podem ser utilizados para os mais diversos fins, como aquisição de matéria-prima ou capital de giro. "Esperamos que estes recursos possam ser consumidos muito rapidamente, o que significa que estamos em sintonia com a sociedade", complementou. A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Banrisul, o Programa RS Mais Igual, a Defensoria Pública do Estado e a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres.
Dia de comemorarAo longo de toda a terça-feira as mulheres que passaram pelo centro da capital tiveram à disposição diversos serviços gratuitos, como inscrições para cursos, confecção de documentos,  encaminhamento para empregos e orientações sobre cuidados com a saúde, além do atendimento às vítimas de violência. Conforme a diretora do Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública do Estado, Jamile Nehmé de Toledo, um atendimento mais humanizado e o monitoramento das mulheres em situção de vulnerabilidade são de extrema importância, assim como o atendimento multidisciplinar, características da Rede Lilás. "Trabalhamos com a reinserção da mulher, o resgate da autoestima e a consciência dos direitos. Por isso a participação da defensoria neste e em outros eventos é muito importante", disse a defensora. "A informação é uma arma poderosa", concluiu.  
Cadastro no Crédito LilásPara ter acesso ao crédito, é preciso se cadastrar e procurar o Centro estadual de Referência da Mulher Vânia Araújo (Travessa Tuyuty, número 4, esquina com André da Rocha, Porto Alegre). O Telefone Lilás, 0800 541 0803, que é um número de utilidade pública, também está disponível. Ou, ainda, dirigir-se ao Centro de Referência em Direitos Humanos (Rua Caldas Júnior, número 352, Porto Alegre) ou ligar para telefone 0800 6445556.
O Dia Lilás contou com a participação do Banrisul, Imama, Sine/RS, Tudo Fácil, Patrulha Maria da Penha, Deam Móvel (Polícia Civil), Instituto Geral de Perícias, Grupo Hospitalar Conceição, Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social/Detrab, Defensoria Pública do Estado, Susepe, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e Porto Sol.

Cerca de 500 mulheres atendidas
Ao longo de toda a terça-feira (11), mais de 500 mulheres foram atendidas no espaço montado no Largo Glênio Peres, no centro da Capital Gaúcha. Entre os vários atendimentos relativos a orientações e informações sobre os serviços disponibilizados, a SPM registrou 22 inscrições para o recém lançado Crédito Lilás ainda no local. Um total de 149 mulheres se inscreveram para os diversos cursos oferecidos através do PRONATEC/FIC e da SPM, enquanto outras 29 aproveitaram para tirar o CPF. Foi o caso da cozinheira Fátima Rosane Scheffer, que precisava da segunda via do documento. "Foi rápido e fácil", disse. Ainda durante o dia foi possível tirar carteira de trabalho e encaminhar o seguro desemprego. No que se refere ao cuidado com a saúde, mais de 200 mulheres puderam obter orientações sobre o câncer de mama, a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado, através da parceria com o Imama/RS. 

Resultado dos serviços
Crédito Lilás – 22 inscrições
Pronatec/FIc – 149 inscrições
CPF – 29 confecções
Imama – 200 orientações de prevenção 


Texto: Assessoria de Comunicação SPMFoto: Luana Mesa
Fonte: SPM

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India