27 junho 2014

Governo promove formação e lançamento de livro na área de gênero, raça/etinia

A série de formações promovidas pela Rede Escola de Governo (REG) sobre questões relacionadas à equidade recomeçou nesta sexta-feira (27), com o curso de extensão em Políticas Públicas de Gênero e Raça/Etnia no Meio Rural. O curso, realizado em parceria com a PUCRS, aborda a importância de políticas públicas referentes ao tema. A partir desse viés, a REG promove a formação, que tem 40 vagas, com carga horária de 80h/a, e é direcionada aos extensionistas da Emater/Ascar e aos representantes de movimentos sociais campesinos. 
A ação educativa conta com o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e da Emater/Ascar. A diretora-presidente da FDRH, Sandra Bitencourt, salientou a importância do encontro dessas duas agendas: agricultura familiar, e gênero e raça . "Pensar nessa perspectiva é fundamental e vai ao encontro do projeto que temos no Estado do RS. Reconhece que o desenvolvimento só se dá a partir da construção com todos e todas, e que vai muito além dos ganhos econômicos." 
Para a secretária de Políticas para as Mulheres, Ariane Leitão, o governo entende que para fortalecer o Estado é preciso fortalecer os servidores e as servidoras. "Temos como meta que as políticas públicas para mulheres se fortaleçam e se consolidem, que transcendam o governo e se tornem políticas públicas de Estado". 
Campo A representante do Movimento das Mulheres Camponesas, Regina Piovesan, comemorou a iniciativa de discutir gênero no campo. "Sei, na prática, como é complicada essa situação. O meio rural é um espaço de muitas desigualdades, de fortalecimento e reprodução do machismo, da violência. É preciso romper com o paradigma que foi naturalizado de que o machismo é uma coisa normal, que foi perpetuado ao longo da história", salientou. 
"É muito importante que façamos um trabalho para que as mulheres sejam vistas, especialmente as mulheres quilombolas. Me sinto muito grata em fazer parte deste projeto", observou a representante do Movimento Quilombola, Cledis Rezende de Souza.
A aula inaugural, que aconteceu no auditório da Emater, contou com a palestra "Políticas públicas para as mulheres rurais e os desafios para o enfrentamento das desigualdades de gênero no campo", realizada pela professora Vanderléia Laodete Pulga. O programa de formação continuada em Gestão de Políticas Públicas na Perspectiva de Gênero e Promoção da Igualdade Racial já concluiu um curso de especialização e outra de extensão sobre o tema.
Lançamento Na ocasião, foi lançado o livro Políticas Públicas na Perspectiva de Gênero e Promoção da Igualdade racial: diálogos interdisciplinares. A obra reúne textos produzidos pelas alunas e professores do curso de especialização homônimo realizado pela Rede Escola de Governo em parceria com a PUCRS, entre 2012 e 2013, totalizando 360h/a. Temas como educação, saúde, sistema prisional, legislação e violência, entre outros, são analisados sob o ponto de vista dos direitos humanos em 24 artigos escritos por 44 autores.

Texto: Daiane Evangelista
Edição: Redação Secom (51) 3210-4305
Fonte: SPM

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India