11 agosto 2014

Jornalistas recebem formação para enfrentamento ao preconceito de gênero, raça e etnia

Publicada em: 11/08/2014 - 16:57

As atividades iniciam na terça-feira (12), em Passo Fundo

Uma parceria entre Governo do Estado e Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Sul vai possibilitar uma formação inédita para jornalistas e estudantes de Comunicação. Inicia nesta terça-feira, nos cursos de Comunicação das nove regiões do Estado, as palestras do projeto "Gênero Raça/Etnia na Mídia: promovendo a autonomia e enfrentando a violência contra a mulher, por uma comunicação pública e plural". A expectativa é de que cerca de 750 estudantes e profissionais participem das discussões, que começam com quatro horas aula de orientações sobre o tema, e podem ser ampliadas, mediante interesse, com curso de 30 horas aula sobre a mesma temática. As atividades iniciam na próxima terça-feira (12), em Passo Fundo.
O objetivo do projeto é fomentar o direito à comunicação, promovendo uma cultura igualitária, democrática e não reprodutora de estereótipos de gênero, raça/etnia, orientação sexual e ou geracional nos meios de comunicação. além de ampliar a visibilidade da contribuição das mulheres, negras, indígenas, ciganas, idosas, jovens, entre outras, para o desenvolvimento integral da sociedade gaúcha e brasileira. Para a secretária de Política para Mulheres (SPM) do Rio Grande do Sul, Ariane Leitão, esta é uma temática frequente na pauta diária da nossa sociedade. "Com o projeto queremos propor uma cidadania comunicativa, pública e plural. É uma ação em defesa das mulheres, contra o preconceito e o machismo, especialmente das negras", expica.
O projeto "Gênero Raça/Etnia na Mídia" é realizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/RS), em parceria com a Secretaria de Comunicação (Secom), Fundação Cultural Piratini-TVE/FM Cultura, a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH - Rede Escola de Governo), o Núcleo de Jornalistas Afrobrasileiros e o Núcleo de Mulheres Jornalistas pela Igualdade de Gênero do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Sul, e universidades, com investimentos da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.


Primeira rodada de palestras
12/08 - Universidade de Passo Fundo (UPF)
19/08 - Universidade de Caxias do Sul (UCS)
27/08 - Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
14/09 - Universidade de Santa Maria (UFSM)
25/09 - Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc)
14/10 - Universidade do Pampa (Unipampa - São Borja).

O projeto pretende também elaborar um Guia para Jornalistas e Comunicadores/as sobre Gênero, Raça e Etnia, divulgar a iniciativa através de um hotsite, além da produção de campanha sobre o tema, abordando especialmente a questão da violência e abuso contra mulheres. Deve, ainda, publicar um livro elaborado a partir da reflexão conjunta de pesquisadores e pesquisadoras da área. Informações e inscrições podem ser feitas diretamente com a coordenadora executiva do projeto, Sátira Machado, pelo email satira.spm@gmail.com.


Publicado em: O Nacional

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India