29 janeiro 2015

Curso de Especialização no Pará estuda os Saberes Africanos e Afrobrasileiros na Amazônia

A Universidade Federal do Pará oferece, ainda no mês de janeiro, o curso de especialização Saberes Africanos e Afrobrasileiros na Amazônia com o intuito de discutir e aprofundar a implementação da Lei 10.639,  que torna obrigatória a inclusão de História e Cultura Afro no currículo oficial. A pós-graduação é destinada prioritariamente a professores (as) da rede pública municipal e estadual, do ensino fundamental e médio e também para afro-religiosos (as) e integrantes dos movimentos sociais quilombolas e do movimento negro. Serão 90 vagas ao todo. O material produzido para o kit A Cor da Cultura, assim como o material da Maleta Infância, do Canal Futura, serão utilizados em algumas disciplinas do curso. 
Estrutura do curso
A especialização acontecerá nos meses de janeiro, fevereiro e julho. Nos meses de março a junho serão realizadas atividades complementares a distância e o segundo semestre será dedicado à elaboração de monografia de final de curso. Cada disciplina terá 20 a 30h/aula, 50% presencial e 50% a distância.
O curso está estruturado em três eixos:
1.     Continente africano/ Tráfico transatlântico e processos de resistência africana na diáspora.
2.     Populações negras na Amazônia/ Cultura e religiosidade/ Dimensões estéticas.
3.     Seminários temáticos/ oficina de implementação da Lei 10.639 nas escolas e orientações monografia.
A pós graduação é promovida pelo Grupo de Estudos Afro-Amazônicos (Belém- UFPA – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas), pelo Grupo de Estudos Sociedade, Cultura e Educação e pelo Programa Universidade no Quilombo (Castanhal).

Para conhecer mais acesse o site: http://www.campuscastanhal.ufpa.br

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India