29 janeiro 2015

Ilhéus: Seminário discute inclusão da História e Cultura Afro na rede municipal

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Conselho Municipal de Educação, Direc 6, APPI (Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus), UNCME (União dos Conselhos Municipais de Educação) e Movimento Negro Unificado (MNU), discutiu, nesta quinta-feira, 22 de janeiro, a efetivação da Lei federal número 10.639, de 2003, que trata da inclusão no currículo escolar de conteúdos acerca da “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”. O evento foi iniciado pela manhã, com a palestra sobre a “Diáspora Africana”, ministrada pelo professor universitário Flávio Gonçalves, e seguiu durante a tarde com mesas redondas temáticas.
Segundo o professor Flávio Gonçalves, do departamento de História da Universidade Estadual de Santa Cruz, a chegada dos africanos ao Brasil trouxe à formação cultural do País inúmeras características e aprender sobre essas contribuições se faz necessário para que os estudantes e a sociedade tenham a noção da grandeza da história vinda da África e disseminada por aqui.

Programação – Durante a manhã, os participantes do seminário (professores, diretores de escolas e estudantes) ouviram a palestra “Diáspora Africana”, ministrada pelo professor Flávio Gonçalves. Durante a tarde, os trabalhos começaram às 16h20min, com a palestra sobre “Experiências de Sucesso da Lei 11.645/08”. Ainda à tarde, houve plenárias temáticas com discussões diversas: “Como desenvolver uma educação antirracista, “Direitos humanos e diversidade”, “Mitologia africana e dessatanização dos orixás”, “Sexualização” e “Conselho Municipal de Educação”.

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India